Suspeito de balear cachorro do vizinho com tiro de espingarda é preso



Suspeito de balear o cachorro do vizinho com tiro de espingarda, no último domingo (14), na localidade de Lagoa Seca no município de Granja, interior do Ceará, foi preso. O homem se defendeu afirmando para a polícia que atirou no animal porque o cão teria avançado nele. O estado de saúde do cachorro não foi divulgado. 



A polícia chegou até o suspeito graças a várias denuncias feitas pelo WhastApp do Comando de Policiamento de Rodas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) do município.


De acordo com o Jornal Pequeno, os policiais militares foram até a localidade e encontraram o homem em casa. Ele confirmou a versão dos vizinhos sobre ter realizado os disparos. O suspeito apontou para os agentes duas espingardas do tipo artesanal que mantinha em casa.



As armas e o homem foram levados a Delegacia Municipal de Granja, onde, após ser ouvido, foi autuado em flagrante e indiciado por posse irregular de arma de fogo e pelo crime de maus-tratos. 


O suspeito de 26 anos foi autuado com base na Lei Sansão (Lei 14.064/2020), que aumentou a punição para quem maltrata cães e gatos e se for condenado pode pegar até pena de reclusão de dois a cinco anos, e multa.

Tecnologia do Blogger.