Bolsonaro diz que Forças Armadas podem ir às ruas para 'acabar com covardia de toque de recolher'



O presidente Jair Bolsonaro afirmou em entrevista nesta sexta-feira, 23, que as Forças Armadas podem ir às ruas para, segundo ele, "acabar com essa covardia de toque de recolher". O presidente criticou as medidas de restrição adotadas pelos governadores para conter o coronavírus e voltou a defender o uso da cloroquina, remédio ineficaz contra a covid-19.

A entrevista de Bolsonaro foi concedida à TV A Crítica, do Amazonas, nesta sexta-feira.

"Se tivermos problemas, nós temos um plano de como entrar em campo. E eu tenho falado: eu sou chefe supremo das Forças Armadas", afirmou Bolsonaro. "Se precisar, iremos para ruas, não para manter o povo dentro de casa, mas para restabelecer todo o artigo 5.º da Constituição e se eu decretar isso, vai ser cumprido esse decreto", disse.

Tecnologia do Blogger.