Irmão de Michelle Bolsonaro ganha cargo no Senado Federal

 

Foto: Reprodução

Diego Torres Dourado, irmão de Michelle Bolsonaro, ganhou cargo de confiança no Senado com salário de R$ 13,5 mil. A nomeação aconteceu no fim de março.

Até então, o soldado da Aeronáutica de 33 anos possuía posto civil de confiança no Ministério da Defesa, no Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas. Era assistente técnico e recebia R$ 5,6 mil por mês.

No novo emprego, Dourado passou a ser assistente parlamentar da 1ª Secretaria do Senado, hoje comandada pelo senador Irajá, do PSD de Tocantins. Essa fatia da Mesa Diretora é responsável por supervisionar os atos administrativos da Casa. Procurado, Diego Torres Dourado não respondeu.

O senador Irajá afirmou que o irmão de Michelle Bolsonaro passou a ocupar “funções relevantes” na Defesa desde 2007, quando tinha 19 anos, e que possui experiência para o cargo.
Tecnologia do Blogger.